21/09/2021

16h às 19h

COLÓQUIO

Didáticas e Práticas para a Educação na

Sociedade do Futuro

O momento que atravessamos, com os abalos e as mudanças provocadas pelo advento da pandemia Covid-19, provoca questionamentos sobre como se vinha estruturando e realizando o trabalho nas escolas, de um lado, e de outro sobre o potencial de superação e outras formas de aprendizagem que estudantes, professores e gestores, tiveram que mobilizar nas situações impostas pela salvaguarda da saúde. A volta progressiva à vivência escolar presencial aporta necessidades diferentes quanto a aspectos educacionais didáticos e aspectos psicossociais nas relações pedagógicas, mas não só para o tempo imediato, e, sim, também para o futuro que se descortina com os diferenciais provocados pelas soluções emergenciais adotadas nessa travessia, e, por uma sociedade que caminha a largos passos no mundo cibernético: mundo social e do trabalho transmutando-se. Haverá novas visões educacionais para esse futuro? Quais perspectivas novas podem ser visualizadas em organização escolar, em didáticas e práticas para a formação das novas gerações em uma sociedade futura que se delineia em contornos tão diferenciados daquele construído ao longo do século XX?

 

Bernardete Gatti 

Curadora

 

Como participar?

O Encontro será transmitido no canal da Cátedra no YouTube. Não é preciso fazer inscrição prévia. O envio de perguntas e comentários será feito pelo chat do YouTube.

Haverá certificado de participação?

Sim. Para entender como funciona o processo de certificação, leia nossas orientações clicando aqui.

 

​​​​​

PARTICIPANTES

Abertura

Luís Carlos de Menezes (Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica)

Atualmente, é o coordenador acadêmico da Cátedra. Professor sênior do Instituto de Física da USP, é membro do Conselho Estadual de Educação em São Paulo e consultor da UNESCO para propostas curriculares. Seus principais focos de trabalho estão relacionados a educação, currículos para a educação básica, formação de professores e ensino de ciências.

Apresentações

Daniel Puig (UFSB)

Doutor em Música pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro, é Professor Adjunto da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) desde 2015, onde atuou como Pró-Reitor de Gestão Acadêmica (2016-2017). Coordenou, entre outras atividades, a implantação da interface pioneira universidade-escola e das licenciaturas interdisciplinares. Integra o corpo docente do Centro de Formação em Artes e atua em criação, ensino-aprendizagem, pesquisa e extensão junto aos cursos interdisciplinares de graduação e pós-graduação. Atuou por um ano como pesquisador de pós-doutorado na Cátedra Alfredo Bosi (2020-2021), onde hoje é pesquisador colaborador.

Iuri Rubim (IAT-SEEBA)

É jornalista e mestre em educação (UFBA). Atua nas fronteiras entre comunicação, tecnologia, cultura e educação. Durante quase 10 anos, foi coordenador estadual dos Centros Juvenis de Ciência e Cultura, laboratórios pedagógicos da Secretaria da Educação do Estado da Bahia que ajudou a conceber no início da década passada. Foi fellow do MIT Media Lab em 2018, através do Desafio Aprendizagem Criativa Brasil. Em 2019, participou, como representante da Secretaria Estadual da Educação, da iniciativa STEM Techcamp Brasil, liderada pela Embaixada dos Estados Unidos e pela Universidade de São Paulo.

Nesse contexto, foi selecionado para a delegação brasileira na Intel ISEF 2019,  a maior feira de ciências da educação básica do mundo, na cidade de Phoenix/ EUA. Nos últimos anos, fez palestras no TEDxRioVermelho

(2017) e na Campus Party Bahia (2018) e Brasil (2019). Integra a Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa e atua um dos articuladores do Núcleo Bahia da rede. Atualmente, ocupa o cargo de Diretor de Inovação e Tecnologia do Instituto Anísio Teixeira, instituição responsável pela formação de educadores no Estado da Bahia. Lá, busca prospectar inovações e apoiar a sua integração ao cotidiano dos docentes baianos. Entre outras iniciativas, lidera as Residências Online de Aprendizagem Criativa, em que educadores baianos (e de fora do estado) têm a oportunidade de desenvolver atividades de aprendizagem criativa com o apoio profissionais de todo país, através de mentorias.

Naomy de Oliveira Ramos (SEDUC-SP)

Professora, Gestora de Inovação e Mestranda de Gestão e Políticas Públicas (FGV), atua na Secretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo onde ocupa o cargo de diretora no DEPEC (Departamento de Programas de Formação e Educação Continuada), o principal departamento da  Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo onde participa da concepção, revisão e gestão de ações formativas, tendo atuação direta em programas como Inova Educação, Centro de Inovação da Educação Básica Paulista, Currículo Paulista, Centro de Mídias (SP), Trilha de Educação Antirracista e Programa Ensino Integral.

Silene Kuin (EFAPE - SEDUC-SP)

Graduada em Letras e Pedagogia. Especialista em Desenvolvimento de Projetos com Apoio das Tecnologias de Informação e Comunicação, Mestre e Doutora pela PUC/SP em Educação-Currículo, na linha Novas Tecnologias em Educação. Professora Universitária e assessora técnica da Unidade de Cooperação Técnica e Pesquisa (UCTEC) da Escola de Formação e Aperfeiçoamento dos Profissionais da Educação do Estado de São Paulo (EFAPE),

onde atua também como produtora de conteúdo, formadora de formador nas modalidades presencial e EAD e mediadora na programação do Canal de Desenvolvimento Profissional pelo Centro de Mídias de São Paulo.

Coordenação e Mediação

Bernardete Gatti (Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica)

Com mais de 50 anos de atuação na área da educação, Bernardete Gatti é uma das maiores referências do país quando se trata da formação e qualificação de professores da educação básica. Formada em pedagogia pela USP com pós-doutorados no Canadá e nos Estados Unidos, Bernardete presidiu, até recentemente, a Câmara de Educação Básica do Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo. Anteriormente, havia presidido também o Conselho. Atualmente, é conselheira na Câmara de Educação Superior. Na Cátedra, Bernardete integra o Comitê Consultivo e costuma participar das atividades desenvolvidas, como seminários e minicursos.

ORGANIZAÇÃO

Cátedra Alfredo Bosi de Educação Básica, com curadoria de Bernardete Gatti e apoio do Instituto de Estudos Avançados e da Fundação Itaú para Educação e Cultura.

​​​