17 e 18/08/2020

ENCONTRO III

Experiências Interdisciplinares na Formação Inicial de
Professores para a Educação Básica

ATENÇÃO:

  • Este encontro terá transmissão pelo Zoom e pelo YouTube. Ao se inscrever, escolha a plataforma de sua preferência.

 

  • Será emitido certificado de participação apenas aos inscritos. Não serão concedidos certificados aos que não fizerem inscrição e que não acessarem a transmissão pelo link fornecido no ato da inscrição.

Seguindo a programação de encontros que exploram a formação e qualificação do professor de ensino básico, pesquisadores da Cátedra de Educação Básica da USP vão se reunir para tratar das experiências interdisciplinares que algumas universidades brasileiras oferecem em seus cursos de licenciatura. As exposições serão no dia 17 de agosto, e no dia seguinte, os pesquisadores responderão questões dos participantes em uma oficina de discussão.

PROGRAMAÇÃO

Parte 1 - 17/08

16h

ABERTURA

16h10

A Licenciatura em Ciências Exatas da USP/São Carlos

Kalinka Castelo Branco e Yvonne Mascarenhas

As professoras apresentarão as licenciaturas existentes na cidade de São Carlos, oferecidas na USP e na UFSCar, e o programa de parceria entre as duas universidades, o Eduscar. O programa Vem pra USP, da pró-reitoria de graduação da USP, também será abordado.

16h40

Licenciaturas em Grandes Áreas da FE/SESI

Luís Carlos de Menezes

O professor Luís Carlos de Menezes abordará sua experiência como coordenador acadêmico na Faculdade de Educação do SESI São Paulo, posição que ocupou entre 2016 e a metade de 2017. Durante sua passagem, a formação de professores era marcada pela interdisciplinaridade e pela residência pedagógica em escolas básicas.

17h00

Do Bacharelado em Ciência e Tecnologia às Licenciaturas Interdisciplinares na UFABC

José Fernando Rey

Em seu processo seletivo de 2020, a Universidade Federal do ABC (UFABC) disponibilizou pela primeira vez vagas para Licenciaturas Interdisciplinares (LIs). José Fernando apresentará, em sua exposição, como o projeto foi pensado e implementado, e sua relação com o projeto pedagógico inicial da UFABC — por ter sido desenhado e construído pelo mesmo grupo de pesquisadores, as LIs representam uma evolução em relação ao projeto inicial. José Fernando também abordará o Bacharelado em Ciência e Tecnologia (BCT) da UFABC, do qual foi coordenador.
 

 

17h20

Licenciaturas Interdisciplinares e Complexos Integrados de
Educação da UFSB

Bilzã Araújo, Danúsia Lago, Fabiana Lima e Marina Miranda

Os professores apresentarão o modelo de formação das Licenciaturas Interdisciplinares da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), e a Experiência de Formação docente territorializada, a partir da articulação entre o ensino superior e educação básica por meio dos Colégios Universitários e Complexos Integrados de Educação – CIE.

​​17h50

Encerramento por

Bernardete Gatti

Parte 2 - 18/08

16h

Oficina com grupos de discussão

17h

Plenária de compartilhamento e síntese do palestrante

Os palestrantes

Kalinka Castelo Branco

 

É professora do Instituto de Ciências Matemáticas e de Computação (ICMC) da USP São Carlos, onde atua no departamento de Sistemas de Computação. Tem experiência na área de Ciência da Computação, com ênfase em Redes de Computadores, mas especificamente em Segurança, atuando em: sistemas embarcados críticos, redes de computadores, avaliação de desempenho e veículos aéreos não tripulados.

Yvonne Mascarenhas

Faz parte do Comitê Executivo da Cátedra de Educação Básica da USP. Com mais de 60 anos de trajetória acadêmica, é professora aposentada do Instituto de Física de São Carlos, onde também foi diretora. Continua pesquisando e produzindo, e, na última década, passou a se dedicar à difusão científica voltada para o apoio ao ensino fundamental e médio.

 

Luís Carlos de Menezes

 

É o atual coordenador acadêmico da Cátedra de Educação Básica da USP. Professor sênior do Instituto de Física da USP, é membro do Conselho Estadual de Educação em São Paulo e consultor da UNESCO para propostas curriculares. Seus principais focos de trabalho estão relacionados a educação, currículos para a educação básica, formação de professores e ensino de ciências.

José Fernando Rey

 

Físico com mestrado e doutorado em tecnologia nuclear, José Fernando iniciou suas atividades como professor da Universidade Federal do ABC (UFABC) em 2009. Nela, foi Pró-Reitor de Graduação e Coordenador do Doutorado Acadêmico Industrial, além de ter coordenado o Programa de Ensino e Aprendizagem Tutorial e o Bacharelado em Ciência e Tecnologia.

Bilzã Marques de Araújo

 

É professor adjunto da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), onde tem trabalhado com currículo e formação inicial e continuada de professores em Educação Matemática, na introdução do Pensamento Computacional na Educação Básica e em Formação Geral, e na ressignificação da Linguagem Matemática, em abordagens centradas no estudante, ativas, e significativas, que visam a equidade.

Danúsia Lago

 

É professora adjunta da Universidade Federal da Bahia (UFBA). Entre 2015 e 2019, atuou na Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB) como docente nas Licenciaturas Interdisciplinares. Tem experiência na área de Educação com ênfase na formação de professores, atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Especial, Inclusão Escolar, Deficiência Intelectual, Consultoria Colaborativa, Ensino Colaborativo, Estágio Supervisionado, Ensino e Aprendizagem centrado no estudante.

 


Fabiana Lima

 

É professora adjunta da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB). Tem trabalhado com produção literária afro-brasileira, relações raciais na educação, artes negrodescendentes e diaspóricas, culturas africanas e afro-brasileiras, ensino de literatura, memórias orais, produção de material didático em educação para as relações étnico-raciais, saberes tradicionais, educação integral e formação de professores.

 


Marina Rodrigues Miranda

 

É professora adjunta da Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), onde trabalha com as temáticas Educação de Infâncias quilombolas e indígenas e Culturas Infantis em comunidades tradicionais. Mestra em Educação pela Universidade Federal do Espírito Santo (UFES) e doutora em Educação pela Universidade Federal do Sul da Bahia (UFSB), é também Especialista em Orientação Acadêmica em EAD pela Universidade Federal do Mato Grosso (UFMT) e especialista em Educação Física Escolar pela UFES.

Bernardete Gatti

Com mais de 50 anos de atuação na área da educação, Bernardete Gatti é uma das maiores referências do país quando se trata da formação e qualificação de professores da educação básica. Formada em pedagogia pela USP com pós-doutorados no Canadá e nos Estados Unidos, Bernardete preside atualmente a Câmara de Educação Básica do Conselho Estadual de Educação do Estado de São Paulo. Anteriormente, havia presidido também o Conselho. Na Cátedra, Bernardete integra o Comitê Consultivo e costuma participar das atividades desenvolvidas, como seminários e minicursos.

 
 
 
 
 
 
 
 
 

(11) 3091-4441

©2020 por Cátedra de Educação Básica USP.