PREMISSAS

Em conformidade com os entendimentos entre o Itaú Social e o IEA, a Cátedra operará segundo as premissas enunciadas a seguir:


Premissa 1

Educação de qualidade é aquela que promove o desenvolvimento pleno da pessoa. 
A garantia do direito de toda pessoa a uma educação de qualidade demanda o reconhecimento de suas diferentes dimensões: cognitiva, emocional, social, ética e física. Requer igualmente a valorização da diversidade de interesses, talentos e trajetórias individuais e grupais. A Cátedra adota essa noção de educação integral, incentivando a complementaridade entre escolas, famílias, organizações locais e da cidade e as de maior amplitude. Considerando os desafios do século XXI, a Cátedra se propõe promover a colaboração multidisciplinar.

 

Premissa 2

A formação de pessoal docente requer relação equilibrada entre teoria e prática, reconhecendo cada indivíduo em sua integralidade. 
Educar precisa significar estar continuamente aprendendo, tanto docentes quanto estudantes. Para o primeiro grupo, a formação sistemática tem que ser permanente, centrada no que se experimenta na escola, mas, ubíqua, colaborativa e híbrida (presencial e com meios digitais). Assim como cada estudante, cada docente deve ter reconhecida sua integralidade e seu caráter de sujeito. Tal formação amplia a capacidade de observação e reflexão, a partir da articulação entre os desafios práticos, teorias científicas e resultados de pesquisa.

 

Premissa 3

A formação do professorado e sua atuação profissional encontram limites em problemas estruturantes, envolvendo variáveis internas e externas à escola. 
Trata-se de fatores sistêmicos, que afetam diretamente as condições de trabalho, tais como, alta rotatividade das equipes escolares, ausência de autonomia da unidade escolar para selecionar o corpo docente, pesadas jornadas de trabalho que não comportam elaboração pedagógica coletiva, infraestrutura deficiente, visão fragmentada da gestão educacional, remuneração e carreiras desestimulantes. Tornam-se, portanto, fundamentais as pesquisas que apontem soluções para esses desafios, inclusive sobre experiências já vividas por redes e comunidades escolares.

(11) 3091-4441

©2020 por Cátedra de Educação Básica USP.